Segurança no paraquedismo: saiba tudo aqui

A segurança no paraquedismo é um dos assuntos mais buscados pelos interessados no salto de paraquedas, afinal de contas, todos querem aproveitar essa experiência singular, mas chegando inteiro ao solo para continuarem suas vidas e contar para todo mundo como é a vista a uma altura de quatro mil metros do chão.

Alguns fatores englobam a segurança no paraquedismo. Se um faltar, simplesmente não há segurança. Veja-os agora:

Qualificação e experiência dos instrutores

Se você esperava começar pelo equipamento, uma pequena surpresa: os instrutores são muito mais importantes do que quaisquer equipamentos.

Claro, sem um paraquedas, não há salto. Mas também não há salto seguro sem profissionais devidamente qualificados e com muita experiência no ramo do paraquedismo.

E na Escola de Paraquedismo Boituva, você encontra os melhores e mais experientes instrutores em salto de paraquedas da região. Em mais de 20 anos de atividade, escolhemos a dedos os nossos instrutores e oferecemos o melhor treinamento e ampliamos as horas de salto de cada um deles antes de atuarem com nossos alunos.

E, evidentemente, também seguimos as mais rígidas normas de segurança e todos os nossos instrutores são certificados pela CBPq (Confederação Brasileira de Paraquedismo).

Equipamento de qualidade e manutenção

A hora que você aguardava: a qualidade dos equipamentos que utilizamos no salto e, em particular, claro, a qualidade do paraquedas.

Sobre o paraquedas, antes de falar da qualidade do equipamento em si, vamos responder a pergunta mais feita por todos os iniciantes:

O que acontece se o paraquedas não abrir?

Isso é muito, mas muito raro que ocorra por conta de algum problema com o equipamento. Contudo, se ocorrer, através de uma desconexão o paraquedas reserva é acionado.

Respondida essa pergunta, para você ter uma ideia; ao final do curso, disponibilizamos 40 paraquedas diferentes para você alugar. 40!

A segurança em termos de equipamentos só pode ser garantida quando investimos nela e acompanhamos in loco sua manutenção.

É o que fazemos aqui. Nossos paraquedas são construídos com dupla camada de proteção nas áreas de maior esforço. Deste modo, reduzimos o risco de uma anormalidade em mais de 90% comparado com outros velames. E cada parte do nosso equipamento é manufaturada nas melhores fábricas do planeta, recebendo sempre a manutenção necessária para continuar funcionando de maneira amplamente segura.

Segurança das aeronaves

Um fator de segurança fundamental, afinal, são as aeronaves que nos levam para o ponto de salto, ou seja, o céu e quatro mil metros de altura.

A aeronave precisa de manutenção constante para garantir o seu bom funcionamento e também experientes, com horas de voo para lidar com qualquer emergência potencial.

Pois, tão importante quanto à qualidade da aeronave e sua capacidade para a atividade paraquedismo, é ter uma tribulação preparada para quaisquer eventualidades.

Mais do que isso, temos a prevenção como nosso lema aqui. Porque a precaução é a mãe da segurança, e por isso só efetuamos nossos saltos quando há 100% de visibilidade.

Caso seu salto esteja agendado para um dia considerado arriscado pelas condições climáticas, será reagendado para cumprir com as normas de segurança no salto de paraquedas, pois a visibilidade pode ser um grande entrave na segurança do instrutor e do aluno.

Dia Nacional da Segurança no Paraquedismo

De forma geral, as escolas de paraquedismo zelam pela segurança no salto de paraquedas, mantendo essa atividade próspera no país inteiro.

Para incentivar a política da segurança acima de tudo, o Comitê de Instrução e Segurança da CBPQ (Confederação Brasileira de Paraquedismo) lançou o Dia Nacional de Segurança no Paraquedismo.

Com a data, temos a realização de palestras, treinamentos e worshops, com a finalidade de nos mantermos em dia com as normas de segurança e o que há de mais moderno e seguro em equipamentos.

Esclarecido a segurança no paraquedismo?

Então não barganhe com ela! Faça um salto de paraquedas conosco na Paraquedismo Boituva!

5 filmes sobre a emoção do paraquedismo

O paraquedismo é um dos esportes radicais mais impressionantes do mundo. Assim sendo, chama a atenção de todos o voo desses profissionais e suas manobras em pleno ar, além dos inegáveis méritos profissionais do paraquedismo, utilizado como forma de resgate e até para cunho militar. O que, claro, despertaria nossa criatividade e dos roteiristas de cinema na criação de filmes, ótimos, envolvendo a emoção do paraquedismo.

Confira nossa lista com 5 filmes sobre a emoção do paraquedismo.

Caçadores de Emoção

Antes Neo em Matrix e John Wick, Keanu Reeves foi Johnny Utah, um agente do FBI infiltrado em uma gangue de ladrões de banco comandada por Patrick Swayze no papel de Bodhi em Caçadores de Emoção (Point Break).

Nas horas vagas ou mesmo utilizando suas habilidades para escapar da perseguição policial, o grupo praticava surf e paraquedismo. Aliás, uma das cenas finais mostra o personagem de Reeves em uma perseguição no ar atrás de Bodhi, entre outras cenas de paraquedismo no decorrer do filme.

Recentemente, no ano de 2015, houve uma refilmagem com mais cenas de paraquedismo do que o original, mas sem a mesma qualidade em termos de história e atuações.

Velocidade Terminal

Antes de se tornar o ator polêmico e comediante em sitcons, Charlie Sheen possuía uma respeitável carreira como ator de cinema em Hollywood com filmes como Wall Street e Platton.

Mas quando pensamos no ator em filmes de aventura, Velocidade Terminal (Terminal Velocity).

Sheen é um instrutor indisciplinado em uma escola de paraquedismo que encontra problemas com uma de suas alunas que salta sem que ele perceba e acaba morrendo, tendo a polícia o considerando culpado pela morte. Começa aí uma busca pela prova de sua inocência.
Cutaway

Stephen Baldwin é um agente durão, mas que erra e é afastado do serviço. Mesmo assim, ele continua na ativa, e para prender uma organização criminosa, o agente se infiltra em um grupo de paraquedismo e terá que decidir entre continuar a investigação ou se manter fiel a nova rotina de emoção pura com o paraquedismo.

Antes de Partir

Um filme com Morgan Freeman e Jack Nicholson já vale, mas este acabou ficando marcado por uma cena de salto de paraquedas como parte de uma lista de ambos que sofrem de um câncer terminal.

Não dá para partir dessa vida sem saltar de paraquedas antes, não é mesmo? De preferência várias vezes para aproveitar essa sensação única.

The Gypsy Moth (Os paraquedistas estão chegando)

Uma volta no tempo agora.

Este filme de 1969 reúne astros do cinema do quilate de Burt Lancaster e Gene Hackman integrantes de um grupo que faz apresentações de paraquedismo sensacionais pelos céus estadunidenses. E ainda teve drama no filme, que é uma aventura em sua essência.

E um drama bastante convincente, mesmo que o par romântico não seja tão interessante assim. Ação à moda antiga.

Zona Mortal

Um prisioneiro transportado dentro de um avião de grande porte, que realiza uma fuga espetacular usando? Isso mesmo, paraquedas.
O policial do caso, mesmo afastado, resolve perseguir o vilão por conta própria, entrando no mundo dos paraquedistas, que parece uma sociedade fechada (não é na vida real) e descobre o envolvimento dos criminosos na venda de informações secretas para o crime organizado.

Detalhe, o vilão do filme é o ator Gary Busey, que também está em Caçadores de Emoção e é um paraquedista de verdade na vida real. E, sim, ele também é um bandido no filme com Keanu Reeves.

Gostaram da nossa lista de filmes? Que eles sirvam de inspiração para que você salte de paraquedas muito em breve!

  • Contato

  • (15) 3263-1645
  • (11) 97167-1111
  • contato@boituvaparaquedismo.com.br

Siga-nos

  • Onde estamos

  • Rua Waldemar da Silva Ramos
  • CNP - Centro Nacional de Paraquedismo
  • Boituva - SP